About writing in another language—and how it helped to improve my Native one.

About writing in another language—and how it helped to improve my Native one.

You see, ignoring the fact English has Anglo Saxon roots, while Portuguese has Latin roots, like French and Spanish—and ignoring also they have completely different structures and grammar rules and slang words and idiomatic expressions and etc—when writing in another language, you have also to consider your readers, your characters, the place they live in and, mainly, their language.

Um Pensamento: Sobre coisas na Internet

O ruim; de deixar páginas antigas de lado sem fazer páginas novas, Sem colocar mais fotos, Sem compartilhar um artigo novo, Sem falar mal de algo: É que você se desfaz em inexistência. O número de notificações fica cada vez menor Até tudo ficar estático; como se nada nunca tivesse mudado - mas só pra você, já [...]

Caminho Tortuoso: Pare de esperar tantos dos outros JÁ!

Hoje eu tentei chorar, mas não consegui. Fiquei estática, olhando para o monitor, esperando por aquele momento pré-choro, quando você finalmente encontra o "gatilho" das lágrimas e cai numa tristeza largada. E eu encontrei o gatilho, ele estava ali - mas tão desgastado, tão velho e enferrujado, que eu acho que já não funciona mais. Eu [...]

Escrifania – Escrever dói demais: sobre escrita e perguntas sem resposta.

Fala galera, tudo bom com vocês? Acho que eu já mencionei antes que eu gosto muito de escrever, né? Mas o que eu não mencionei é o quão grande é esse meu amor. Desses que dói - porque eu continuo pensando o quanto eu gostaria de viver disso e quão difícil isso seria. Eu consigo enxergar claramente o [...]