Caminho Tortuoso: Pare de esperar tantos dos outros JÁ!

Hoje eu tentei chorar, mas não consegui. Fiquei estática, olhando para o monitor, esperando por aquele momento pré-choro, quando você finalmente encontra o "gatilho" das lágrimas e cai numa tristeza largada. E eu encontrei o gatilho, ele estava ali - mas tão desgastado, tão velho e enferrujado, que eu acho que já não funciona mais. Eu [...]

Descendo para Portsmouth e no fundo Oceano: Sobre a dificuldade de se auto-apreciar!

Descendo para Portsmouth e no fundo Oceano: Sobre a dificuldade de se auto-apreciar!

Oi pessoal, Há uns dias atrás eu fui para Portsmouth, uma cidade bem na costa da Inglaterra. Dessa vez eu infelizmente não visitei nenhum museu, mas vamos ver se na próxima eu dou um jeito nisso. Eu amo barcos e museus, então você já pode imaginar como eu ficaria em um museu DE BARCOS né? A [...]

Que lugar é esse? Um cais em Hamble e A PERGUNTA FATAL!

Que lugar é esse? Um cais em Hamble e A PERGUNTA FATAL!

Fala galera! Nossa! Eu fiquei impressionada com a resposta de vocês! Que bom que estão curtindo os pensamentos dessa minha aventura 😀 Tomara que gostem dos próximos posts também, estou preparando uns bem legais! 😉 Hoje eu trouxe um videozinho curto sobre Hamble, uma cidadezinha portuária aqui perto, que voc~es podem ver ali embaixo. O lugar [...]

O que eu quero agora? Tentando lidar com a confusão!

O que eu quero agora? Tentando lidar com a confusão!

E aí pessoal, tudo bom? Desnecessário dizer que às vezes todo mundo se sente muito triste e muito pra baixo. A gente vive, como todos vocês sabem muito bem, num mundo predatório que não tem pena de ninguém. A gente se esforça muito, muito mesmo para conseguir o que quer - e às vezes tudo [...]

De malas prontas: A pior parte de fazer loucuras!

Lembro que o que a primeira coisa que eu pensei quando pedi minha demissão foi: "Ca-r@-lho. O que foi que eu fiz?" E voltei a pensar a mesma coisa no primeiro dia do aviso prévio, na minha última semana inteira e, principalmente, quando coloquei o pé pra fora do escritório no final do meu último dia de expediente numa fatídica sexta-feira de março.