Sobre o que fazer antes de pensar em Política

Eu não tenho pretenção nenhuma de mudar o mundo com post em blog–mas acho importante lembrar o que a arte faz pelas pessoas.

Então será essa uma mensagem para todos os brasileiros:

Se a agonia for muita, se a vontade de seguir pelo caminho mais fácil for forte, se você, assim como as pessoas à sua volta, estiver com vontade de se entregar às ofertas de violência e, principalmente, se essa violência tentar se aliar à sua frustração política, se vista de arte.

Ouça Queen, Jaloo, Alice Caymmi. Assista Devilman, jogue Life is Strange, veja clipes, veja filmes, leia livros, vá ao teatro. Deixe que as experiências de artistas, deixe que sua obra te alcance. Quebre a casca. Se deixe encantar, se sensibilizar, chore, se permita ver a beleza que existe na diversidade de cores e gostos e belezas e sabores.

Por que, às vezes, aprender com a história não é o suficiente. Às vezes, cercados de ignorância ou preguiça, o sofrimento de amantes libertos não te alcança. Às vezes, cercados de direitos, não vemos as injustiças feitas aos outros.

Às vezes, você não tem fome. De igualdade.

Ou compaixão.

E às vezes, o medo doma a razão humana.

Não se deixe ser domado. Na hora de tomar uma decisão, não se cerque de violência nem de medo nem de frustração; se cerque de arte. Lembre-se, antes de mais nada, que nosso país está cheio de GENTE, não títulos, UF ou números.

Somos todos merecedores da mesma felicidade–e somos todos responsáveis pelo bem-estar da nossa Nação. E dos nossos vizinhos, também.

Na imagem, a pintura “A ilha da Morte” de Arnold Böcklin, que inspirou o próprio Rachmanioff. A arte toca, inspira, modifica. E ensina, também.

Comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s