Minha prosa, doce mundo!

Quem vem lá?

Um alô para você, caro leitor!

Meu nome é Ligia Nunes. Tenho 23 anos e sou formada em Design de Games (que diferente! É, eu sei, mas!). Estou iniciando uma longa jornada nesse mundão e queria encontrar uma boa maneira de manter atualizadas todas as minhas aventuras – e encontrei isso na internet, junto com praticamente tudo o que uma pessoa poderia encontrar. Eu escrevo bem, desenho medianamente e adoro contar piadas péssimas, muito prazer!

Pra esse primeiro post, uma arte da autora que vos fala e um pequeno segredo:

Segredo #1
Acho um saco precisar se especializar numa coisa só durante a vida.

Li uma vez que “A jack of all spades is a master of none”, o que eu traduziria de maneira bem simplória (e quase porca) como “Filho, querer fazer tudo vai te atrapalhar numa especialização.”

Mas o que é ser especializado?

Segundo o Michaelis online:

especialização
es.pe.ci.a.li.za.ção
sf (especializar+ção) 1 Ato ou efeito de especializar. 2 Estudo especial de certa arte ou ciência. 3 Menção especial. 4 Distinção, particularização. 

Num mundo competitivo como o nosso eu posso dizer, sinceramente, que eu entendo a necessidade de se especializar em alguma coisa – profissionalmente. Eu entendo como é precisar muito se tornar o melhor na sua área, ser “curtido” por toda a galera do mercado de trabalho, receber altos convites para cargos maiores e coisas do tipo. Mas ao mesmo tempo, eu queria tanto poder fazer de tudo! Eu enxergo no trabalho uma oportunidade de fazer algo bom, algo incrível, algo que, sozinha, eu não conseguiria fazer e eu me sinto 100% disposta a dar tudo de mim durante o processo. Mas como é difícil definir exatamente o que eu quero!

Quando eu era mais novinha, queria muito ser atriz – mas muito mesmo. Mas, crescendo embaixo de um teto que abrigava também outras três crianças, um pai desempregado e uma mãe professora que nem bem carteira assinada tinha, eu me sentia na obrigação de trazer dinheiro para casa. Nessa quest de bolsas de estudo, de fazer bijuterias pra vender, de dar aulas de matemática e de evitar ao máximo todo e qualquer gasto, acabei definindo pra mim mesma e para os outros que o que eu queria mesmo era ser Gerente de Banco (porque na minha infinita inocência infantil, eu acreditava sim que o gerente do banco recebia todo o dinheiro das pessoas e ficava com ele, simplesmente). Eu sinto que foi nessa época que eu me especializei na ideia de ganhar dinheiro acima de qualquer outra coisa.

Hoje, anos depois, eu só espero do fundo do coração poder contribuir para um país melhor e é pensando nisso que eu decidi focar em administração ao invés de Design. Vou ganhar dinheiro e vou ajudar outras crianças como eu a alcançarem seus sonhos e fazer uma faculdade, um curso de artes cênicas, estudar no exterior, o que for – mas antes disso, ou talvez ao mesmo tempo, eu vou também fazer os meus desenhos bonitos, vou criar mundos inteiros, vou contar piadas horríveis e vou me divertir.

Porque tudo o que é divertido precisa de um pouco de seriedade – mas pra ser sincera, acho que o contrário é ainda mais verdadeiro. Pra provar pra mim mesma que eu, dentro do meu planinho de melhora nacional, posso ainda me divertir à beça e fazer tudo o que eu tenho vontade de fazer, comecei no início desse ano alguns movimentos para as promessas de ano mais difíceis que eu já fiz, o que incluiu largar meu emprego e passar 6 meses na Inglaterra.

Dia 16 agora eu embarco para a Terra da Rainha, onde eu com certeza vou aproveitar muito! Convido a todos vocês para me acompanharem nessa e em outras aventuras! 😉

Um beijo babado,
Ligia

4 thoughts on “Minha prosa, doce mundo!

  1. Gata ❤

    Eu nunca entendi isso de especialização. É algo ironico pra mim, de certa maneira. Você precisa ser ridiculamente BOM em algo, mas ao mesmo tempo, tem que saber de tudo. Como você faz para saber de tudo, e ao mesmo tempo ser ridiculamente bom sem matar seu tempo de vida social e lazer? Você passa a vida inteira se preparando para se especializar em algo, pra descobrir que não é isso que você quer. E ai você quer aprender coisas novas, mas não tem mais tempo.

    Eu também quis ser atriz quando era mais nova. Também queria ser cantora. Achava que devia ser muito mágico participar de um filme como Harry Potter e ver velas flutuando e tudo mais (porque achava isso verdade). A gente cresce tentando achar um caminho a vida toda e chega na hora de decidir, não decidimos nada.

    Devo dizer para ti e, ser sincera, que você me motivou a embarcar nessa jornada também. Estou terminando de arrumar as pontas soltas e devo ir te fazer companhia na terra da rainha.

    Eu sou péssima em comentários curtos. (e eu vou comentar todos os posts, me deixa ser chata).

    Te vejo em breve! x]

    Liked by 1 person

    1. “Como você faz para saber de tudo, e ao mesmo tempo ser ridiculamente bom sem matar seu tempo de vida social e lazer?”

      POIS É! hahahahaha!

      “Devo dizer para ti e, ser sincera, que você me motivou a embarcar nessa jornada também. Estou terminando de arrumar as pontas soltas e devo ir te fazer companhia na terra da rainha.”

      E eu já disse o que eu acho disso. MARAVILHOSO! hahaha! Força para nós florzinha!

      Like

Comment

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s